Archive for Novembro 2012

Orgasmo Esotico

Orgasmo Esotico

Título original: Orgasmo esotico
Diretor: Mario Siciliano
Ano: 1982

O filme se inicia em uma noite escura e tempestuosa, onde a quentíssima Marina (Marina Hedman uma das musas de Joe D'Amato em Images in a Convent como Irmã Marta) incita seu marido Joe ao digamos 'coito voluptuoso'. Porém os dois são surpreendidos por uma sinistra mulher os espreitando na janela, e apesar das possibilidades que um voyerismo poderia gerar em um filme desse quilate, Marina fica histérica e Joe cumpre o papel clássico, o imbecil que investiga. O resultado é sua sangrenta morte pela mulher misteriosa, Sonia a mestre vodu!


Após matar Joe, Sonia invade a casa em perseguição a Marina que apesar de arquitetar uma fuga acaba desmaiando ante ao cadaver ressuscitado de Joe, o ZUMBI (+1). Sonia e seus estafeta afetado do mal, Mimi Losy, levam Marina para uma cama onde a drogam, com a droga do tesão, pois Marina de torna imune ao horror e lasciva na enésima potência. Marina e Sonia, Sonia e Marina, até mesmo o estafeta afetado participa da orgia, em uma das cenas mais dantescas do filme (imagino que essa seja a cena do verdadeiro horror!).
 


Após dar um fim no cadavér de Joe, que havia retornado ao seu estado natural, Marina e Sonia partem para mais um menagé a trois com o doctore Alfonso Gaita (de La Bimba di Satana e Valentina, ragazza in calore). Após devidamente saciadas o feminismo agressive das duas põe fim a vida de doctore.

E para surpresa de Marina, o falecido Joe retorna como um ZUMBI (+2). Marina enlouquece e Sonia e o estafeta a toruram em uma sessão sado com muitos vibradores! Psicopatia!


Em outro take, um casal amigo de Marina, Guia (Guia Lauri Filzi de Bathman dal Pianeta Eros) e Brunno a procuram pela casa e sem encontrala a única solução é o sexo... mas para sua surpresa, quem surge na janela dessa vez é a zumbi (+3) Marina, provando que torturas com dildos são na verdade o motivo por existirem zumbis! Após isso Sonia controla o novo casal com o poder vodu da mente para um único propósito, menage a trois. Como costume Brunno é morto e o cast de lésbicas vodu e zumbis apenas aumenta.




E se não bastasse, mais um casal é adicionado a trama, para o mesmo fim lesbianismo e morte. Sonia injeta uma de suas poções em Sabrina (Sabrina Mastrolorenzi) que imediamente se torna uma gladiadora lésbica. No outro comodo, o marido de Sabrina, Pino Mustache é agraciado por Gina! Sabrina, após a sessão com Sonia, flagra os amantes e Pino Mustache e Gina, apenas para uma tragicômica cena de ciúme.

Guia tem uma recaida sendo logo silenciada pela VoduMaster Sonia. Guia após morta é servida ao estafeta afetado como um belo assado. Após ter perdido suas duas amantes, Sonia parte em busca da terceira: sandy Samuel (de Bathman dal Pianeta Eros). E o modelo segue o mesmo, o casal Luigi e Sandy se envolvem em uma cena com a zumbificada Marina , sendo seguido de mais um menage a troa com Sandy, Sonia e Luigi; Para finalizar sandy e Sonia tentam matar Luigi, mas ele escapa... apenas para serem ouvidas batidas na porta!


Sim, Marina, como humana, acorda sua empregada, Sonia a Vodu Master. E o filme mostra o seu roteiro épico: sim todos estavamos enganados, era tudo apenas um sonho da empregada Sonia, uma maltratada e simples trabalhadora, oprimida por seus patrões. Mas o filme não é apenas isso, é cíclico e a cena inicial é repetida como Sonia a espreita... teria tudo sido um sonho?


Mais um filme lunático e incrível!

Extras:

Opinião do pato:
Atrizes pornôs, atores decadentes de bigode e um roteiro zumbi! Clássico do Trash!

Quantos patos mortos:

Posted in , , , , , | Leave a comment

Search

Swedish Greys - a WordPress theme from Nordic Themepark. Converted by LiteThemes.com.